Treinamento Auditivo para adaptação correta de Aparelhos Auditivos

Gostou? compartilhe!

O papel da audição na comunicação humana é de extrema importância para o desenvolvimento social.

Para o deficiente auditivo candidato ao uso de aparelho auditivo, a adaptação da prótese auditiva tem um papel fundamental no seu processo de habilitação e/ou reabilitação.
Ao surgir, os problemas auditivos podem vir a ser corrigidos por meios de tratamentos clínicos e intervenções cirúrgicas, porém existem perdas auditivas para as quais nenhum tratamento é possível.

Para estes casos, os Aparelhos Auditivos são instrumentos importantes para viver melhor em sociedade.

Todo indivíduo portador de perda auditiva deverá fazer inicialmente uma avaliação otorrinolaringológica. Doenças otológicas progressivas, doenças sistêmicas com repercussões sobre o aparelho auditivo, necessitam ser descartadas ou tratadas convenientemente. Diante do diagnóstico do otorrinolaringologista, o fonoaudiólogo é o profissional que assume a coordenação do processo de habilitação ou reabilitação do deficiente auditivo com aparelho auditivo.

A Importância do Fonoaudiólogo no treinamento auditivo para adaptação de Aparelhos Auditivos

A adaptação de Aparelhos Auditivos em crianças:

O diagnóstico precoce possibilita a intervenção dos fonoaudiólogos envolvidos no processo de habilitação da criança, antes que este sujeito se encontre seriamente marcado pelas conseqüências da deficiência auditiva. Sabe-se que a deficiência auditiva acarreta na criança não apenas alterações no desenvolvimento da linguagem, mas também nos aspectos cognitivo, social, emocional e educacional, sendo estas implicações secundárias que serão minimizadas com o uso precoce da amplificação. Quanto mais cedo o diagnóstico for realizado e o aparelho auditivo adaptado, melhores serão as possibilidades de aproveitamento dos resíduos auditivos desta criança.

A adaptação do aparelho auditivo é uma das condições fundamentais para que a criança deficiente auditiva desenvolva todo o seu potencial, o que ocorrerá apenas quando ela utilizar plenamente o instrumento, isto é, em todas as horas do dia. Este processo dependerá da participação da família, sendo que o sucesso na utilização do aparelho auditivo pela criança estará diretamente relacionado à atitude e à educação dos pais. Muitos fatores estão relacionados à rejeição do aparelho auditivo, e um dos principais é a não aceitação por parte da própria família.

A adaptação de Aparelhos Auditivos em adultos:

Já o processo de reabilitação auditiva no adulto, é um resgate, onde a audição com o aparelho auditivo se transforma numa redescoberta do sentido, tão importante nas relações humanas, no seu contato com o mundo. O objetivo principal do trabalho de orientação e aconselhamento de indivíduos adultos, deve ser a resolução das dificuldades auditivas específicas ligadas direta ou indiretamente à perda auditiva. O paciente deve estar envolvido ativamente no processo de reabilitação auditiva para que seja possível o estabelecimento de condições facilitadoras para a mudança de atitudes e a busca de soluções. Chama-se de solução auditiva não apenas o uso efetivo do aparelho auditivo e de estratégias que facilitem o desempenho do indivíduo na comunicação, como também a aceitação e melhor convivência com uma nova forma de vida.

Com a perda da audição surgem também sentimentos de insegurança, medo e até incapacidade. A dúvida quanto à possível progressão da perda é algo que pode deixar o indivíduo inquieto. As dificuldades de comunicação fazem com que duvide de suas capacidades e habilidades, tanto profissionalmente quanto pessoalmente, levando à mudança na qualidade de vida, depressão e isolamento.

O paciente adulto deve entender o que é um aparelho auditivo, como funciona e ser capaz de manipular todos os controles externos e obter o máximo aproveitamento possível em cada situação e ambiente acústico.

Na seleção e adaptação de Aparelhos Auditivos, questões relevantes são colocadas:

1-Qual o tipo de Aparelho Auditivo a ser utilizada?
2-Qual o tipo de adaptação: monoaural? binaural?
3-Qual o tipo de Aparelhos Auditivos :analógico? programável? digital?
4-Qual o tipo de amplificação: linear ou não linear?
5-Quais as características eletroacústicas mais apropriadas? Ganho máximo, saída máxima?

O sucesso depende destas decisões e da adaptação do Aparelho Auditivo, que deve ser bem sucedida, pois se não for, a AASI (Aparelhos Auditivos ou Prótese Auditiva) não será utilizada, sendo inclusive rejeitada, e o deficiente auditivo continuará com as dificuldades da sua deficiência auditiva.

A utilização eficiente de Aparelhos Auditivos

A utilização do aparelho auditivo depende não só da seleção do modelo adequado e de moldes perfeitamente ajustados, como principalmente do processo de adaptação do indivíduo à amplificação. Este processo auxilia a pessoa a aceitar e incorporar o aparelho auditivo no seu dia a dia, beneficiando-se ao máximo da sua utilização.
Importantes quanto à seleção das características eletroacústicas, modelo e regulagem adequada, são as orientações, acompanhamento e aconselhamento ao usuário de aparelho auditivo.

Estas orientações e aconselhamentos, o fornecimento de informações, explicações e suporte para orientar as opções, comportamentos e atitudes dos deficientes auditivos e às suas famílias, destinam-se a capacitar o indivíduo a encontrar as soluções para as suas dificuldades. Interferem e influenciam desde a aceitação da perda auditiva, até o seguimento das orientações na reabilitação do deficiente auditivo com o uso correto do aparelho auditivo.

O Papel do Fonoaudiólogo na adaptação do Aparelho Auditivo

A confiança, a integração e a credibilidade do paciente e da família ao profissional fonoaudiólogo são de suma importância para a evolução do processo de adaptação. A empatia, o calor humano, compreensão e respeito, proporcionam a confiança para o paciente aceitar, assimilar e agir conforme as informações recebidas. A essência do processo se dá quando o paciente se envolve em seu tratamento.

ACONSELHAMENTOS:

1-Informação geral sobre a perda auditiva e sobre a prótese auditiva. É fundamental que o usuário entenda a forma de operação do aparelho auditivo, conheça seus componentes, localização e função de cada controle, afim de utiliza-la como um instrumento efetivo no aproveitamento de seus resíduos auditivos,desmistificando a imagem de equipamento de difícil adaptação e manipulação do aparelho auditivo.

2- Na medida em que se sabe que a prótese auditiva "não devolve a audição normal" e que,mesmo usando a prótese, algumas dificuldades ainda irão persistir, é importante incluir nas orientações, explicações sobre a utilização de pistas adicionais e estratégias de comunicação.O objetivo é conseguir melhor aproveitamento e desempenho possíveis, para facilitar a comunicação e melhorar a qualidade de vida do deficiente auditivo. A afetividade, emoções, sentimentos e atitudes envolvidos, devem ser considerados.

Para saber mais sobre Treinamento Auditivo e Adaptação de Aparelhos Auditivos Ligue para (11) 2365•8549 ou (11) 4306•6247 ou clique aqui e entre em contato por email.


Regiões onde Centro Auditivo Auditex já fez Treinamento Auditivo para adaptação de aparelhos auditivos em São Paulo:


  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque
  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jaçanã
  • Jardim São Paulo
  • Lauzane Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • Tucuruvi
  • Vila Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros
  • Água Branca
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembú
  • Perdizes
  • Perús
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • São Domingos
  • Sumaré
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sonia
  • Aeroporto
  • Água Funda
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajaú
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim Ângela
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M'Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana
  • Água Rasa
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belém
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guianazes
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Moóca
  • Parque do Carmo
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Penha
  • Ponte Rasa
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Sapopemba
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente
  • São Caetano do sul
  • São Bernardo do Campo
  • Santo André
  • Diadema
  • Guarulhos
  • Suzano
  • Ribeirão Pires
  • Mauá
  • Embu
  • Embu Guaçú
  • Embu das Artes
  • Itapecerica da Serra
  • Osasco
  • Barueri
  • Jandira
  • Cotia
  • Itapevi
  • Santana de Parnaíba
  • Caierias
  • Franco da Rocha
  • Taboão da Serra
  • Cajamar
  • Arujá
  • Alphaville
  • Mairiporã
  • ABC
  • ABCD
  • Bertioga
  • Cananéia
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilha Comprida
  • Iguape
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe