Aparelho Auditivo..... (11)

Aparelhos Auditivos... (11)

Aparelhos de Surdez (11) 96050-8549

WhatsApp Comercial

Aparelho Auditivo beneficia a audição das pessoas com dificuldades auditivas melhorando a comunicação

A audição, um dos mais importantes sentidos, possibilita a comunicação, uma das primeiras necessidades da humanidade para seu desenvolvimento.

Ouvir - Audição - Escutar - ouvido

Dessa forma, o impacto de uma privação sensorial auditiva na vida de um indivíduo traz consequencias que vão além da dificuldade em compreender corretamente as informações sonoras. Problemas de relacionamento, psicológicos e sociais podem surgir em maior ou menor intensidade, dependendo de fatores como: surdez pré ou pós-linguística (antes ou após a aquisição da linguagem oral) e do meio em que está inserido o indivíduo, isto é, se possui apoio médico, familiar e de amigos.

Perda Auditiva - Deficiente auditivoAo falar em números, a Federação Internacional de Otorrinolaringologia (IFOS) estima que haja cerca de 11% da população mundial com perdas auditivas. O Better Hearing Institute afirma que 8% da população dos EUA apresentam algum tipo de perda auditiva e o Censo brasileiro de 2000 identificou 6.758.011 como portadores de perdas auditivas, o que significa um contigente maior que o dos portadores de deficiência física ou mental e ligeiramente inferior ao contigente de portadores de deficiência motora.

Os aparelhos auditivos tem papel muito importante na melhoria da qualidade de vida de quem possui dificuldades em ouvir e são o tipo de tratamento mais realizado e eficaz. Além disso, os casos operáveis são mínimos.

As perdas auditivas apresentam diversos níveis de intensidade e também dependem da frequencia sonora. Por isso, cada indivíduo apresenta um audiograma diferente de perda auditiva nos exames de audiometria.

Até certo tempo atrás, os médicos do ouvido ( Otorrinos ) tinham problemas em encontrar aparelho auditivo que conseguissem tratar os variados tipos e intensidades de perdas auditivas de seus pacientes. O avanço da tecnologia digital na fabricação dos aparelhos auditivos inverteu a situação: hoje, há uma grande variedade de opções disponíveis de aparelhos de surdez, com ajustes muito individuais ao tipo de perda de cada usuário. Há modelos de aparelhos auditivos com recursos extras, capazes de melhorar ainda mais sensação sonora experimentada pelo usuário. Vários acessórios, como controle remoto de volume e das programações de ambiente, também são encontrados.

Essa individualidade surge devido aos circuios digitais aplicados nos projetos dos aparelhos auditivos com circuitos digitais. Mesmo naqueles em que o sinal analógico é tratado sem ser convertido para digital já houve melhora significativa no desempenho de um aparelho auditivo, por causa dos circuitos chaveados e de alguns recursos programáveis. Porém, a grande vantagem da tecnologia moderna está no processamento digital de sinal, presentes nos aparelhos auditivos modernos totalmentes digitais.

Através do processamento digital de um aparelho auditivo, consegue-se controlar de forma muito mais eficaz os parâmetros necessários para o tratamento da perda auditiva do paciente. Com sua alta taxa de operações realizadas por segundo, os processadores digitais conseguem aplicar métodos matemáticos e algoritmos capazes de realizar a decomposição do sinal em muitos canais de frequencia, equalizar cada canal de acordo com o formato da perda auditiva e produzir uma saída amplificada e enquadrada na faixa em que o usuário está possibilitado de ouvir sua faixa dinâmica.

Aparelho Auditivo Retroauricular que fica atrás do ouvidoaparelho auditivo open fit adaptação abertaAparelho Audiitvo que se adapta dentro do ouvidoCIC

De forma paralela, o processador de um aparelho auditivo realiza ainda a identificação e redução dos níveis de ruído, o controle de ganho para não saturar a saída do som nos alto-falantes e para evitar que alguns sons saiam da faixa dinâmica do usuário, como algumas variações silábicas nas conversações. O controle de realimentação acústica do aparelho auditivo também passa a ser realizado pelo circuito digital. Isto significa que o zumbido encontrado nos aparelhos auditivos por causa do som que vaza pelo alto-falante e é re-amplificado pelo microfone não se controla mais apenas de forma mecânica, com a necessidade de perfeição no molde da peça que se encaixa no ouvido do paciente.

Preços de Aparelhos Auditivos - Valor de Aparelho Auditivo

O preço de toda essa tecnologia digital moderna comprimida em pequenas peças do aparelho auditivo ainda é elevado, tanto no Brasil quanto no exterior, podendo variar de mil a onze mil reais por prótese auditiva, dependendo dos níveis de conforto, qualidade do processamento e quantidade de recursos presentes. A maioria dos aparelhos auditivos digitais adquiridos atualmente é importada, encarecendo o produto auditivo também.

O mercado nacional brasileiro do tipo de aparelho auditivo digital ainda não está desenvolvido, mas há pesquisas da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) e projetos de desenvolvimento de próteses auditivas digitais com baixo custo, como o projeto batizado de 'Manaus', que objetiva a construção de próteses de ajuda auditiva sob um circuito eletrônico genérico e com "recursos eletroacústicos não inferiores aos aparelhos auditivos hoje comercializados no mercado brasileiro". A vantagem é ser um produto (aparelho auditivo) nacional em mercado dominado por empresas internacionais com mais de 100 anos de evolução tecnológica.

Gostou? compartilhe!


Aparelho Auditivo é bom para ouvir e viver melhor

Pensou em qualidade de vida para pessoas como dificuldade auditiva, pensou em aparelho auditivo. É comprovada por toda a sociedade, os benefícios que os aparelhos de surdez proporcionam para os deficientes auditivos. A auto estima melhora e a comunicação é facilitada, graças ao avanço da tecnologia em Aparelho Auditivo. São mais de 100 anos de pesquisa e o avanço tecnológico está em constante crescimento.

O que é um Aparelho Auditivo ?

Os aparelhos auditivos evoluíram muito nos últimos anos e estão cada vez menores e mais potentes. Independente do grau da perda auditiva de cada pessoa – seja leve ou profunda – um aparelho auditivo moderno se adapta perfeitamente bem à suas necessidades. Os aparelhos auditivos variam bastante em tamanho e características e apenas profissionais da saúde auditiva tem a capacidade para ajudar você a fazer a escolha certa do modelo de aparelho auditivo. Independentemente do seu grau de perda auditiva ou necessidades, você pode encontrar, com estes profissionais (Otorriono ou Fono) informações úteis para melhorar sua audição

Aparelho Auditivo Retroauricular atras do ouvido

Aparelho auditivo foi projetado para auxiliar indivíduos com perda auditiva, a qual ocorre em determinadas faixas de frequência sonora, sendo variável para cada indivíduo. O princípio de funcionamento de um aparelho auditivo atual consiste na captação do sinal sonoro pelo microfone, convertendo-o em um sinal elétrico, que é processado de modo que haja amplificação deste. Após isso, o alto-falante o converte em sinal sonoro (onda de pressão sonora), e assim se transmite à orelha do usuário.

Trivialmente, devido à proximidade dos componentes, ocorre o problema de realimentação de sinal, tanto externa quanto internamente. Este se trata da vibração via estrutura interna do aparelho auditivo, em que a principal fonte é o alto-falante. Por conseguinte um apito é gerado, causando desconforto ao usuário.

Aparelho Auditivo dentro do ouvido

aparelho auditivo dentro do ouvido

No mundo moderno a necessidade de corrigir o problema da perda de audição parcial, que ocorre em 10% da população mundial (CHUNG, 2004) em qualquer grau de perda, se dá pelo uso de aparelho auditivo. No caso do Brasil, cerca de 1,0% (IBGE-Censo 2010) da população possui perda auditiva severa. Os aparelhos auditivos evoluíram conforme a tecnologia da época, passando de robustos e grandes a pequenos e ergonômicos. A redução no tamanho provocou limitações construtivas nos seus componentes eletrônicos, interferindo nas características do sistema de amplificação sonora.

Funcionamento básico de um Aparelho Auditivo

Para a compreensão de cada tipo de aparelho auditivo é necessá-rio conhecer a anatomia da orelha humana, que pode ser visualizada na imagem abaixo.

anatomia do ouvido humanao

Tal órgão do sentido humano é dividido em três partes: orelha externa, orelha média e orelha interna. A primeira trata-se do pavilhão auricular (pinna) e o conduto auditivo externo ou canal auditivo, cuja função é amplificação do som. Já a segunda transmite as vibrações causadas pelas ondas sonoras incidentes, pela membrana timpânica (tímpano) e cadeia ossicular (martelo, bigorna e estribo) até a orelha interna (cóclea, sistemas semicirculares e vestíbulos), que transforma energia mecânica (vibração) em elétrica, assim enviando informação (pulso elétrico) ao cérebro através do sistema nervoso.

A maneira mais simples de classificação dos aparelhos auditivos é pelo lugar onde eles são utilizados, o que implica no tamanho em que a prótese auditiva deve ter, além de que o nível da perda de audição é um fator levado em conta, isto é, quanto maior o grau da perda, maior será o tamanho do aparelho auditivo.

Um aparelho auditivo é basicamente um sistema de amplificação em miniatura. Seus componentes principais são:

  • Um microfone miniaturizado para transformar o som em sinal elétrico;

  • Um amplificador para aumentar a potência desse sinal, geralmente amplificando mais os sons de alta frequência e fracos, do que os de baixa frequência e intensos, de acordo com a perda do usuário;

  • Um alto-falante em miniatura, também chamado de receptor, para transformar a energia elétrica em som;

  • Um molde, componente utilizado para conectar a saída do alto-falante ao canal auditivo;

  • E uma bateria para fornecer a energia necessária para o sistema.
  • O ato de comunicar acontece quando partilhamos com alguém informações, pensamentos, idéias, desejos e aspirações. A comunicação por meio da linguagem falada é considerada um ato social fundamental, pois responde à necessidade vital do homem na busca de novas experiências e conhecimentos.

    Podemos dizer que o homem é um ser que se comunica primordialmente pela linguagem verbal, portanto problemas na recepção do som podem dificultar a comunicação e a interação entre o homem e o seu meio. A deficiência auditiva pode trazer diversas conseqüências sobre a vida social, emocional e sobre as habilidades de se comunicar de um indivíduo. Os prejuízos tornam-se ainda mais graves quando o indivíduo permanece por longos períodos em privação sensorial, sem acesso a nenhum tipo de processo terapêutico.

    ouvindo melhor com aparelho auditivo

    Em alguns casos um dos processos terapêuticos indicados seria a reabilitação auditiva por meio de AASI (Aparelho de Amplificação Sonora Individual). Um aparelho auditivo irá amplificar os sons visando recuperar, ainda que parcialmente, a qualidade de recepção dos sons e, indiretamente, melhorar a inteligibilidade da fala e a comunicação.

    Apesar dos avanços tecnológicos nos últimos anos, os aparelhos auditivos ainda apresentam limitações, principalmente os de circuito mais simplificado, como os analógicos.

    Com o advento dos aparelhos de circuito digital, muitos progressos foram obtidos em termos de flexibilidade de ajustes e adaptação. Estes equipamentos oferecem programações múltiplas, adaptáveis a diversos tipos de ambiente e necessidades auditivas.


    Classificação geral de um Aparelho AuditivoClassificação geral dos aparelhos auditivos

    • Modelos
      Microcanal CIC, Intracanal ITC, Intra-auricular ITE e Retroauricular MBTE.

    • Nível de amplificação 
      Modelos para perdas auditivas do tipo: leve, moderada, severa e profunda.

    • Tipo de circuito 
      Tecnologia analógica, programável ou digitalmente programável e totalmente digital.

    • Controle de ajustes 
      Controlado por instrumentos manuais ou por computadores.

    • Recursos externos 
      Com controle de volume, chaves e botões.

    • Recursos de ajustes 
      Programáveis pelo computador ou Trimmers.

    • Recursos avançados 
      Canais, bandas, algoritmos, gerenciamento adaptativo.

    • Pilhas / Baterias
      Tamanhos variam - Pilha 10, 13, 312, 675.


    Modelos de Aparelhos Auditivos

    Modelos de aparelhos auditivos


    • Micro Canal - CIC 
      Fica dentro do canal auditivo.

    • Intracanal - ITC 
      Confeccionado sob mediada e posicionado no interior do conduto auditivo.

    • Intraauricular - ITE
      Confeccionado sob medida, é posicionado na concha auricular.

    • Retroauricular - BTE
      Pocisionado atrás da orelha e com vantagem de economia por usar bateria maior.


    • Processo de compra de um Aparelho Auditivo


      • Valor em real.
        Tudo depende da tecnologia e potência.

      • Garantia de compra.
        Tem que ter no mínimo 1 ano de garantia.

      • Adaptação. 
        É preciso a Fonoaudióloga no processo de adaptação sonora.

      • Tipos de pagametos.
        Dinheiro, cartões, boletos.

      • Teste auditivo.
        Importante para o processo de adaptação.

      • Tipos de assistências
        Solicite sempre assistência técnica permanente.

      • Preço de Aparelho Auditivo
        entre R$ 1.000,00 à R$ 11.000,00 reais.

      Tipos de Aparelhos Auditivos

      Aparelho Auditivo de Adaptação Aberta - (Open Fit) 

      Aparelho auditivo indicado para perdas  auditivas em rampa leve a moderadamente-severa.

      Aparelho Auditivo Adaptação Aberta

      - Todos os componentes deste aparelho auditivo fica dentro de uma caixa que é usado atrás da orelha

      - Uma caixa-plástica é usada atrás da orelha e um tubo transparente e fino se estende dentro do canal auditivo

      - Pouco ou quase nada visível.


      Aparelho Auditivo com Receptor no Canal - RIC

      Aparelho auditivo indicado para perdas auditivas em rampa leve a moderadamente-severa.

      Aparelho Auditivo Receptor no Canal - RIC

      - Todos os componentes desta tecnologia de aparelhos auditivos ficam dentro de uma caixa que é usado atrás da orelha

      - Uma caixa-plástica é usada atrás da orelha e um tubo transparente e fino se estende dentro do canal auditivo

      - Pouco ou quase nada visível.


      Aparelho Auditivo Completamente no Canal Auditivo - CIC 

      Aparelho auditivo indicado para perdas auditivas leve a moderada.

      Aparelho Auditivo CIC completamente no Canal Auditivo

      - É um aparelho auditivo muito pequeno em uma única peça.

      - Todos os componentes dentro de uma cápsula moldada e customizada.

      - Ajusta-se dentro do canal auditivo.

      - Pouco visível ou não visível no conduto auditivo.


      Aparelho Auditivo Mini-Canal - MC

      Aparelho auditivo indicado para perdas auditivas de leve à moderadamente severa.

      Aparelho Auditivo Mini Canal - MC

      - Aparelho auditivo pequeno em uma única peça.

      - Todos os componentes deste AASI fica dentro de uma cápsula moldada e customizada.

      - Ele ajusta-se quase completamente no canal auditivo e se estende levemente para fora do conduto.

      - É pouco visível.


      Aparelho Auditivo Intra-Canal - ITC 

      Aparelho auditivo indicado para perdas auditivas de leve à moderadamente severa

      Aparelho Auditivo Intra Canal - ITC

      - É um modelo de aparelho auditivo pequeno de uma única peça.

      - Todos os seus componentes eletrônicos ficam dentro de uma cápsula moldada e customizada.

      - Este AASI ajusta-se fora do canal auditivo.

      - Ele é levemente visível.


      Aparelho Auditivo Meia-Concha - HS

      Aparelho auditivo Indicado para perdas auditivas leve a severa

      Aparelho Auditivo Meia Concha - HS

      - Aparelho auditivo um pouco maior em uma única peça.

      - Todos os componentes eletrônicos ficam dentro de uma cápsula moldada e customizada.

      - Este aparelho de surdez preenche uma parte da concha da orelha.

      - É visível na orelha.

      Aparelho Auditivo Intra-Auricular - ITE

      Aparelho auditivo indicado para perdas auditivas leve a severa.

      Aparelho Auditivo Intra Auricular ITE

      - Modelo de aparelho auditivo maior em uma única peça.

      - Os seus componentes ficam dentro de uma cápsula moldada e bem customizada.

      - O molde preenche uma parte da concha da orelha.

      - É visível na orelha.

      Aparelho Auditivo Retro Auricular - BTE

      Aparelho auditivo indicado para perdas auditivas leve a profunda

      Aparelho Auditivo Retro Auricular- BTE

      - Este tipo de Aparelho auditivo é maior e possui 2 partes.

      - Todos os seus componentes eletrônicos ficam dentro de uma caixa que é usado atrás da orelha.

      - É visível uma caixa-plástica que é usada atrás da orelha e um molde auricular é usado dentro do canal auditivo.

      - Este AASI pode ser pouco visível dependendo da cor da caixa e da cor do molde.


      Aparelho Auditivo ajuda você a ouvir melhor e viver mais.

      Aparelho Auditivo - Modelos


      Nas ruas é comum encontrarmos pessoas usando óculos, mas tudo muda quando se trata de deficiência auditiva. Apenas 44% das pessoas com perda de audição reconhecem que ouvem mal. A falta de informação e o preconceito ainda fazem com que a maioria das pessoas demore anos para tomar uma providência e decidir usar um aparelho auditivo.

      Ao sentir alguma dificuldade para ouvir, a pessoa deve consultar um especialista (Otorrino ou Fonoaudiólogo) que irá avaliar a causa, o tipo e o grau da perda auditiva. A partir do resultado de testes como o exame de audiometria, será indicado o tratamento mais adequado. Muitas vezes, o uso de aparelho auditivo resolve o problema auditivo.

      Pessoas com perda auditiva têm dificuldades de relacionamentos na família, no trabalho e entre amigos. O que ocorre é um constrangimento, de ambas as partes, devido à dificuldade na comunicação, o que acaba por afastar os deficientes auditivos do convívio em sociedade. E pode acarretar depressão. Falar sobre deficiência auditiva nunca é fácil, mas trazer à tona o problema auditivo é a melhor coisa a fazer. Familiares e amigos podem apoiar o uso de aparelho auditivo.

      Segundo a Sociedade Brasileira de Otologia, 25 milhões de brasileiros têm dificuldades para ouvir melhor. Além de uma exposição continua à ruídos - seja no trabalho, nas ruas ou em casa - , muitos outros fatores podem levar à perda auditiva, doenças congênitas ou adquiridas, traumas, uso de medicamentos ototóxicos e idade avançada. No caso dos idosos, o déficit auditivo pode ocorrer devido as mudanças degenerativas naturais do envelhecimento, chamada de presbiacusias. O uso do aparelho auditvo pode ajudar a minimizar esses danos.

      À medida que envelhecemos, as células ciliadas da orelha interna começam a se degenerar. Algumas pessoas perdem a audição mais cedo do que outras. Muitos já começam a sentir o problema quando estão na "faixa" dos 40 anos. Pesquisas revelam que 1 em cada 5 adultos com mais de 40 anos e mais da metade de todas as pessoas com idade acima de 74 anos podem sofrer de perda auditiva. Por isso o uso de aparelho auditivo é indispensável nesse momento da vida. No princípio parece difícil usar uma prótese auditiva AASI, mas com o apoio da fonoaudióloga e familiares, o processo de adaptação se torna satisfatório.

      A maioria das pessoas com presbiacusia (perda auditiva relacionada à idade) começa a perder a audição quando há um declínio na sua capacidade de ouvir sons de alta frequência ( muito comum em uma conversação ). Portanto, o primeiro sinal de presbiacusia pode ser a dificuldade em ouvir o que as pessoas dizem a você. Infelizmente, muitas vezes, quando o indivíduo procura tratamento, o caso de perda auditiva já é mais grave. A perda auditiva se dá de maneira lenta, pregressiva e, com o decorrer dos anos, a deficiência atinge um estágio mais avançado e o aparelho auditivo requer um modelo de potência maior e menos discreta. Por isso que depois dos 50 anos é aconselhável fazer um exame de audiometria todo ano.

      Cabe aos Fonoaudiólogos indicar o tipo e modelo de aparelho auditivo que atenda às necessidades de cada deficiente auditivo. Não há demérito algum em usar um aparelho de audição. Atualmente existem modelos de aparelhos auditivos modernos, pequenos e alguns invisíveis no ouvido, como o de tecnologia digital, que não ofendem a vaidade de quem usa. O aparelho auditivo contribui para melhorar a autoestima, proporcionando bem-estar, liberdade, alegria, qualidade de vida!

       

      Tags: aparelho auditivoperda auditivaadaptação de Aparelho auditivofonoaudióloga, audiçãoouvir melhortipos de aparelhos auditivoslista de aparelhos auditivosclassificação de aparelho auditivo

      SOBRE a AUDITEX

      Aparelhos Auditivos Auditex possui diferenciais no atendimento que conta com profissionais experientes e qualificados no ramo auditivo, oferecendo ótimo atendimento e uma qualidade de vida melhor para futuros usuários de próteses auditivas, além de garantir a adaptação dos aparelhos auditivos e suporte pós-venda.

      A Auditex, Centro Auditivo em São Paulo, fornece aparelhos auditivos de referência com certificado da ANVISA e garantia internacional, além de ter como outro principal diferencial, além do seu atendimento de qualidade, o preço dos aparelhos auditivos, aliando qualidade e preço justo. Garantimos o comprometimento de proporcionar a adaptação dos aparelhos auditivos e suporte pós-venda, entre em contato e se supreenda com todos os benefícios oferecidos a você e sua família!

     

    A Cotação foi enviada com sucesso

    Estamos enviando um email com nossos dados para contato

    Auditex Centro Auditivo

    Endereço: Avenida Vital Brasil Filho, 79
    - Osvaldo Cruz - São Caetano do Sul - SP
    CEP: 09541-130

    Email: auditexsp@gmail.com

    (11) 2365-8549

    (11) 4306-6247

    (11) 9-2371

    (11) 3907-6463